Buscar
CECOP

Confuso na ótica? Saiba tudo sobre lentes, tratamentos e proteções de óculos.

I

Actualidade

I

Por

Alguma vez se dirigiu a uma ótica para comprar óculos? Se a sua resposta é afirmativa, então sabe que todo o processo pode-se tornar confuso, muito por existirem conceitos técnicos que pode não dominar, ou um vasto leque de opções que a ótica lhe poderá apresentar.  

São vários os fatores que determinam a escolha dos óculos perfeitos, tais como o tipo de lentes, tratamentos, armações, proteções e preço. O primeiro conselho que a CECOP lhe dá é que analise bem a ótica onde se pretende dirigir: Verifique as avaliações do local, relativas ao acompanhamento dos técnicos óticos, serviços, pós-venda e marcas que a ótica abrange. 

Apresentamos a seguir um guia de conceitos rápido e prático, para que na sua próxima visita à ótica possa ir melhor preparado e escolher os óculos ideais para si. 

Tipos de lentes óticas 

Existem vários tipos de lentes para determinados tipos de correção ocular, quer seja derivada de problemas como a miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia. Diferentes tipo de correção requerem diferentes tipos de lentes, embora seja bastante comum uma pessoa ter mais de um problema. Os materiais para fabricação de lentes dividem-se em duas categorias: minerais (cristal ou vidro) e orgânicos (compostos poliméricos, como o plástico, policarbonato e resina). 

Lentes de vidro- Nos primórdios da correção ótica, praticamente todas as lentes eram feitas de vidro. Embora estas ofereçam uma excelente qualidade ótica e resistência a arranhões, estão sujeitas a partirem-se mais facilmente e a danificar os olhos, daí não serem muito utilizadas na fabricação atual de óculos. 

Lentes de plástico- Em 1947, a Armorlite Lens Company, na Califórnia, lançou as primeiras lentes de plástico para óculos. As lentes foram construídas a partir de polímero plástico e devido ao seu peso leve, baixo preço e qualidade, este material continua a ser hoje bastante utilizado nas lentes oculares. 

Lentes de policarbonato- As lentes de policarbonato tornaram-se populares nos anos 70 e 80, sendo produzidas inicialmente para viseiras de capacete da Força Aérea, vidro à prova de balas, equipamentos de segurança, que requeriam uma lente mais leve e resistente a impactos. Estas caraterísticas tornam este material atualmente no preferido para lentes óticas, óculos de segurança e desporto, bastante indicados para atletas e crianças. 

Lentes plásticas de alto nível- Os mais recentes avanços na produção de lentes demonstram que é possível produzir lentes mais finas e leves, as chamadas lentes plásticas de alto nível. Estas conferem uma estética melhorada e conforto extra na utilização dos óculos, contudo a espessura da lente vai influenciar em muito o seu valor, podendo ser um pouco mais dispendiosas.  

Etiquetas

También te puede interesar

Se é empreendedor de ótica, sabe como é difícil destacar o seu negócio no atual mercado competitivo, como é desafiante conquistar novos clientes e o quão complexo é posicionar-se, enquanto marca no setor.  Face a este panorama, começa a questionar-se “Então, afinal o que posso adotar na minha ótica para se diferenciar das outras?”. Neste […]

Um dos principais segredos para o sucesso de qualquer negócio é perceber o perfil do cliente, e as óticas não fogem à regra!   Saber quem são os seus clientes, do que precisam, quais são os seus gostos e comportamentos de compras, irá fazer com que a comunicação da sua ótica seja mais assertiva. Consequentemente […]

Viajar pode ser muito mais do que descanso e uma pausa da rotina de trabalho. É também a oportunidade única de expandir horizontes, não só a nível pessoal como profissional.   Já imaginou o quão enriquecedor seria embarcar numa viagem com colegas de profissão, neste caso no ramo da ótica? Esta experiência pode ser um verdadeiro […]

Únete a CECOP

y descubre cómo rentabilizar al máximo tu negocio