Saiba como funcionam, e para que servem as lentes multifocais

I

Actualidade

I

Por

Hoje vamos falar sobre as lentes multifocais, mais conhecidas como lentes progressivas. Estas lentes são utilizadas para tratar a presbiopia, ou “vista cansada”, um problema de visão que surge aproximadamente aos 40 anos de idade. As lentes multifocais têm como principal função focar a visão em diferentes pontos de foco, numa única lente, tornando a visão clara e natural a diferentes distâncias.

A CECOP explica-lhe agora como funcionam este tipo de lentes e qual a sua utilidade na correção da visão. Venha connosco!

O que tratam as lentes multifocais?

Sabe quando tem de aproximar ou afastar um objeto da sua visão, até encontrar a posição correta para o ver melhor? Pois bem, isso acontece quando tem a “vista cansada”, ou nome técnico de presbiopia, que não permite focar corretamente os objetos. Este problema ocorre devido ao envelhecimento do cristalino do olho, que conforme os anos passam vai perdendo a sua elasticidade.

Ao contrário de quem tem miopia, hipermetropia e astigmatismo, ou seja, independentemente de ter ou não propensão genética para problemas oculares, a presbiopia ocorre naturalmente em todas as pessoas, com o decorrer da idade. Além do sintoma de fadiga ocular, podem-se sentir outras dificuldades como em ver em ambientes com pouca luminosidade, de focar em objetos ou letras pequenas, de focar em objetos mt próximos, manchas na visão e visão turva.

Este problema eventualmente aparecer entre os 40 e 50 anos de idade, por isso é importante consultar periodicamente um especialista da visão, de maneira a começar a utilizar lentes de óculos multifocais, para que tenha uma visão correta.

Como funcionam as lentes multifocais?

Como o nome diz “lentes multifocais” são lentes que permitem ter vários pontos de foco, numa única lente, de forma a corrigir a visão em 3 pontos essenciais: perto, intermédio ou longe.

Com o avanço da tecnologia das lentes multifocais, é possível que em cada área da lente esteja a graduação necessária para ver bem em diversos focos, sem que isso provoque mal-estar ocular ou que fique esteticamente mal na lente. Quando ler que lentes multifocais são consideradas lentes progressivas, está correto, pois conforme o olho visualiza através das linhas das 3 áreas, o grau vai sendo alterado progressivamente, e não de forma brusca.

Dependendo do estilo de vida ou das necessidades próprias de cada pessoa, as lentes multifocais podem ser personalizadas de acordo com isso. Imagina que faz muitas atividades ao ar livre e que precisa de ter uma boa visão ao longe, deverá pedir para otimizar a lente no campo de visão ao longe, acontecendo o mesmo com quem precisa de ver perto.

Como é a adaptação às lentes multifocais?

Se nunca utilizou lentes ou utiliza uma lente específica nos seus óculos, e agora tem de mudar para as lentes multifocais, é normal haver um período de 7 dias de adaptação. O campo de visão, os olhos e o cérebro terão de se ajustar às novas condições, que depois se irão normalizar.

Alguns dos sintomas que poderá sentir são náuseas, tonturas ou dores de cabeça, que deverão desparecer ao longo dos 7 dias, e caso não passem deverá consultar um especialista da visão.

A CECOP reúne hoje o grupo de óticas independentes líder no setor ótico, que agrupa mais de 160 óticas em Portugal e mais de 7.600 a nível internacional, que têm acesso aos melhores fornecedores de lentes do mercado e a inúmeras vantagens competitivas.

Etiquetas

También te puede interesar

Se é empreendedor de ótica, sabe como é difícil destacar o seu negócio no atual mercado competitivo, como é desafiante conquistar novos clientes e o quão complexo é posicionar-se, enquanto marca no setor.  Face a este panorama, começa a questionar-se “Então, afinal o que posso adotar na minha ótica para se diferenciar das outras?”. Neste […]

Um dos principais segredos para o sucesso de qualquer negócio é perceber o perfil do cliente, e as óticas não fogem à regra!   Saber quem são os seus clientes, do que precisam, quais são os seus gostos e comportamentos de compras, irá fazer com que a comunicação da sua ótica seja mais assertiva. Consequentemente […]

Viajar pode ser muito mais do que descanso e uma pausa da rotina de trabalho. É também a oportunidade única de expandir horizontes, não só a nível pessoal como profissional.   Já imaginou o quão enriquecedor seria embarcar numa viagem com colegas de profissão, neste caso no ramo da ótica? Esta experiência pode ser um verdadeiro […]

Únete a CECOP

y descubre cómo rentabilizar al máximo tu negocio