COMER PARA VER. QUAIS SÃO OS MELHORES ALIMENTOS PARA CUIDAR DE NOSSA SAÚDE VISUAL?

  • Home
  • Blog
  • COMER PARA VER. QUAIS SÃO OS MELHORES ALIMENTOS PARA CUIDAR DE NOSSA SAÚDE VISUAL?

De acordo com um estudo no mês de Julho, 57% dos cidadãos pioraram a sua visão durante o confinamento. Além disso, um dos grandes problemas são os cuidados preventivos, ou seja, 59,4% da população não faz exames de visão há mais de um ano e 28,5% há mais de dois. Se acrescentarmos a isso que, em geral, não costumamos fazer grandes esforços para cuidar da nossa visão de forma adequada e dos efeitos da quarentena, significa que cerca de metade da população tem sofrido sintomas de problemas visuais como dores de cabeça, visão turva ou olhos secos durante este período. 

O lado positivo dessa situação é que certamente fez com que muitos refletissem sobre a importância de cuidar dos olhos. Neste novo post do blog, além de recomendarmos que visite o seu ótico com frequência – como sempre fazemos – também queremos recomendar um fator muito simples que podemos cuidar no nosso dia a dia e que irá favorecer a nossa saúde ocular: a dieta. Uma boa alimentação baseada em alimentos que favorecem o cuidado dos olhos e que nos ajudam a preservar aquela “visão de lince”.

Certamente já ouviu falar das propriedades fabulosas da cenoura, mas hoje queremos descobrir mais 10 alimentos que possamos integrar na nossa rotina para cuidar dos nossos olhos:

1.- Sementes de girassol e soja: sabia que cerca de 30 gramas destas sementes constituem metade da quantidade diária de vitamina E que um adulto deve consumir por dia? Este nutriente atua como escudo contra o envelhecimento, e ajudará a ter uma visão magnífica e uma pele invejável.

2.- Brócolos: é o alimento mais completo para os olhos porque contém as três vitaminas essenciais para cuidar dos olhos. Vitamina A, com luteína, zeaxantina e beta-caroteno, alguns pigmentos presentes na retina que protegem as células oculares de danos; vitamina C, benéfica para os vasos sanguíneos dos olhos; e vitamina E, que previne a degeneração macular relacionada à idade. Todos os três nutrientes protegem a visão dos radicais livres, que danificam tecidos saudáveis ​​e vulneráveis, como a retina. Todos os vegetais de folhas verdes, como espinafre ou alface, têm essas propriedades.

3.- Pimenta Vermelha: a sua vitamina C reduz consideravelmente o risco de cataratas e degeneração macular devido à idade, já que é benéfica para os vasos sanguíneos dos olhos. Outros alimentos também com essas propriedades são morangos ou mamão.

4.- Salmão: os peixes gordurosos, como é o caso do salmão, são muito ricos em ácidos graxos ômega 3, muito benéficos para o bom funcionamento da retina. Na verdade, baixos níveis dessas gorduras no nosso corpo têm sido associados ao aparecimento da síndrome do olho seco.

5.- Ostras: ideais para a obtenção de selênio e zinco, minerais essenciais na prevenção da degeneração macular e para evitar outros tipos de problemas oculares. Eles também são uma fonte de Omega 3.

6.- Ovos: como o salmão e a ostra, os ovos também possuem alto teor de ácidos graxos ômega 3, zinco e luteína, que ajudam a manter a conjuntiva dos olhos  num estado ótico. Além disso, a sua gema é rica em vitaminas A, D e E.

7.- Laranjas: O seu conteúdo em vitaminas A e C tornam-no no aliado ideal para uma visão perfeita de dia e de noite, pois ajuda a reestruturar o colagénio e assim previne as cataratas e a visão turva.

8.- Cenouras: aquelas que ficam com toda a fama. Ajuda a prevenir as cataratas, reduz o risco de problemas cardiovasculares e também melhora o bronzeado. Agora que estamos no verão, não está nada mal! Também contém vitaminas C, B1 e minerais como iodo e potássio, ótimos antioxidantes que são uma boa defesa contra os radicais livres que prejudicam os nossos olhos. Em geral, todos os vegetais de cor laranja contêm carotenóides, como abóbora ou batata doce.

9.- Nozes e Amendoins: são o lanche perfeito para comer entre as refeições e contêm toda a vitamina E, selênio e ômega 3 que o nosso corpo necessita.

10.- Azeite: tão presente e necessário na nossa alimentação. Este ouro líquido ajuda a prevenir o desenvolvimento da degeneração macular, que afeta diretamente a retina dos olhos dos idosos. É aconselhável ter uma boa visão todos os dias para tomar duas colheres de sopa de azeite às refeições.

Como deve ter visto, todos estes alimentos contêm as principais vitaminas que não podem faltar em nosso carrinho de compras se quisermos manter a saúde dos olhos: a vitamina A, que melhora a visão noturna, e a vitamina C, que é responsável pela proteção contra as cataratas e a radiação ultravioleta e, por fim, a vitamina E, que nos fornece uma grande quantidade de antioxidantes que ajudam a prevenir doenças como a degeneração macular. Outro aspeto importante a ser levado em consideração é a biodisponibilidade metabólica de cada nutriente. Nesse sentido, por exemplo, os brócolos são rico em luteína, que é um carotenóide xantofílico solúvel em gordura. Mas se comermos apenas brócolos, a biodisponibilidade é muito baixa, então para aumentá-la, e para que o nosso metabolismo possa «utilizá-la», devemos ingeri-la com lipídios. Ou seja, para desfrutarmos dos benefícios da luteína, devemos comer brócolos temperado com azeite de oliva.


Leave a Reply

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *